Segunda, Agosto 21, 2017
   
Texto
Entrar
Ter, 14 de Dezembro de 2010 12:13

Projeto de ampliação e readequação do Hospital Destaque

Qualifique este item
(15 votos)

     Com o objetivo de oferecer melhorias no conforto e segurança aos Usuários e profissionais, com modernização das instalações, atendendo as exigências da Legislação conforme o que preconiza a ANVISA RDC 50-2002, o HRSP elaborou o Projeto de ampliação e readequação da sua estrutura, onde serão construídos aproximadamente 9.500 m2 e readequados em torno de 1.500 m2. O Investimento total será em torno de R$ 29 milhões, que serão captados através de convênios com o Governo Estadual e Federal. 

     A construção de um prédio novo, será distribuído em dois blocos distintos, com o seguinte objetivo:

        Bloco “I” - No primeiro bloco instalar no pavimento térreo a nova unidade de emergência, uma unidade de internação geral no segundo pavimento, uma segunda unidade de internação e laboratório interno de microbiologia no terceiro pavimento e uma unidade de internação específica para dar atendimento aos serviços de cardiologia no quarto pavimento;

        Bloco “II” - No segundo bloco instalar uma unidade de imagem no pavimento térreo (onde serão instalados: 01 Tomógrafo, 01 Ressonância, dois RX, 01 Mamógrafo e 01 Aparelho de Desintometria Óssea), as unidades de ambulatório e diagnósticos por cintilografia no segundo pavimento, uma nova unidade do centro cirúrgico com seis salas e central do material esterilizado no terceiro pavimento, uma unidade de CTI contemplando uma UTI coronária e outra UTI pediátrica no quarto pavimento, completando o bloco com uma unidade de UTI de adultos e uma unidade de internação cardiológica no quinto pavimento.     

     O objetivo fundamenta-se na necessidade de se ampliar os leitos da Unidade de Terapia Intensiva para adultos, criar as unidades de UTI(s) Pediátrica e Coronária, edificação de um novo Centro Cirúrgico, implantação de unidades de diagnóstico por imagens, adequando às instalações físicas do EAS as novas normalizações e tecnologias a fim de dar prosseguimento aos serviços de alta e média complexidade até então realizados principalmente para a continuidade com os serviços de cardiologia e atingir num futuro breve um maior número de procedimentos voltados para a alta complexidade, inclusive diagnósticos por imagens que garantam os procedimentos de alta complexidade voltados aos serviços cardiológicos, neurologia, ortopedia e outros.

     Serão construídos 172 leitos no total:

  • 133 leitos para Internação;
  • 27 leitos de UTIs;
  • 12 leitos de Observação RPA.

     Descontado os que serão demolidos, será um incremento de 105 leitos na estrutura do Hospital.

Última modificação em Ter, 21 de Agosto de 2012 14:11
Restaurar configuracao Padrao

Login Form