Segunda, Dezembro 11, 2017
   
Texto
Entrar
Seg, 30 de Outubro de 2017 15:21

Você já ouviu falar em Tristeza Materna? Saiba os sintomas e as principais diferenças para com a Depressão Pós-Parto

Qualifique este item
(0 votos)

A gestação é um período marcado por importantes transformações, não apenas físicas e hormonais, mas também emocionais e sociais. Durante nove meses, a mulher vê e sente seu corpo gradativamente mudar e a maneira como se relaciona com outros e consigo própria, também vai ter alterações. Conforme a psicóloga do Hospital Regional São Paulo, Thaís Delazeri, para algumas mulheres essas mudanças são vividas de maneira mais intensa, para outras não. Muito se fala sobre o período gestacional, mas e sobre o que acontece após o nascimento do bebê?

Segundo a psicóloga, o puerpério é o período que marca as mudanças que ocorrem na mulher, desde o momento de nascimento do seu bebê até 6 ou 8 semanas após o evento, tempo que o corpo precisa para retornar ao seu estado normal anterior à gestação. “Logo após o nascimento, importantes e rápidas mudanças ocorrem. Ao mesmo tempo em que se recupera lentamente do parto e das alterações ocorridas ao longo da gravidez, a mulher também precisa se adaptar ao papel de mãe e ao ritmo do bebê”, explica.

Tanto a Tristeza Materna, quanto a Depressão Pós-Parto podem surgir justamente nesse período de mudanças após o nascimento do bebê. Por isso, o companheiro e familiares da mulher devem ficar atentos aos sintomas que ela apresenta para saber como diferenciar e a atitude a ser tomada.

 

Sintomas da Tristeza Materna

Nesse período, não é incomum observarmos que a mãe sofre também alterações no estado de humor, o que a deixa mais sentimental e vulnerável. “É normal e esperado que surjam sintomas físicos e emocionais logo após o nascimento do bebê, tais como: fadiga, dor de cabeça, insônia, choro, ansiedade, desânimo, o que gera angústia e preocupação na mulher, justamente num momento se espera que a mulher se senta alegre. Tais sintomas são identificados por tristeza materna, ou baby blues”, comenta Thaís.

A tristeza materna costuma se manifestar após o terceiro dia do nascimento do bebê, podendo chegar até o décimo, e além dos sintomas já citados pela psicóloga, envolve sentimentos de confusão, dificuldade para pensar claramente, perturbação do sono e labilidade emocional, ou seja, sentimentos de alegria e tristeza ao mesmo tempo.

“Vale destacar que, durante a tristeza materna não há prejuízos na capacidade da mãe em cuidar do seu bebê e nem sempre será necessário a intervenção de um profissional, o que é diferente da depressão pós-parto. A depressão pós-parto denota um estado de fragilidade muito grande, um esgotamento físico e emocional das capacidades da mulher em enfrentar a situação atual, inclusive de cuidar do seu bebê”, pondera a psicóloga.

 

Sintomas da Depressão Pós-Parto

Na depressão pós-parto os sintomas são mais intensos e duradouros, diferente da tristeza materna, em que são mais brandos e passageiros. Thaís comenta que a depressão pós-parto implica em maior prejuízo físico, cognitivo e comportamental e reflete diretamente na relação da mãe com seu bebê, que passa a sentir uma redução na afetividade e nos cuidados despendidos com o mesmo, o que gera forte sentimento de culpa.

“Os sintomas de Depressão Pós-Parto costumam surgir mais tardiamente, após algumas semanas do nascimento e, diferentemente da tristeza materna, necessitam ser avaliados e tratados por um profissional, pois existe tratamento. Com o diagnóstico preciso e o tratamento correto, além do apoio familiar, é possível manter maior controle sobre a doença, prevenindo que ocorram repercussões negativas na saúde da mulher e no vínculo da mãe com seu bebê”, explica a psicóloga.

Veja no quadro abaixo a diferença entre Tristeza Materna e Depressão Pós-Parto:

 

Cristine Maraga - ASCOM HRSP

Última modificação em Seg, 29 de Novembro de 1999 21:00
Cristine Maraga

Cristine Maraga

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Imagens adicionais

Restaurar configuracao Padrao

Login Form